Processo de vazamento oculto

Processo realizado quando acontecer algum vazamento oculto nas tubulações internas do imóvel até o hidrômetro e que vincule alterações no consumo de água.

Caso esteja com dificuldade para encontrar o vazamento, siga estas dicas ou contate um encanador de sua confiança.

Quem pode solicitar

  • A solicitação poderá ser feita pelo morador ou proprietário cadastrado no sistema;
  • Caso não seja o morador, é necessário apresentar Procuração válida específica com firma reconhecida ou a apresentação de RG/CPF (cópia) de quem assinou (a autorização pode ser retirada em nosso balcão de atendimento ou aqui);
  • Sócio-administrador ou seu procurador, no caso de Pessoa Jurídica, mais cópia do Contrato Social;
  • Síndico ou seu procurador, no caso de condomínios, mais cópia da Ata de Eleição de Síndico registrada no cartório.

Como solicitar

Após identificar e consertar o vazamento, reúna os seguintes documentos para solicitar a alteração de fatura por motivo de vazamento oculto:

  • RG e CPF ou Contrato Social e CNPJ do morador/proprietário, CÓPIA;
  • Declaração do conserto do serviço executado. Baixe o modelo aqui;
  • Fotos impressas do local (antes e após o conserto) e da leitura do hidrômetro na data do conserto;
  • Nota fiscal de compra de peças e/ou do serviço de encanador; ou
  • Laudo do serviço executado pelo profissional ou Recibo.

O que é vazamento oculto e o que não é?

Vazamento visível Vazamento oculto
  • Válvula ou caixa de descarga;
  • Vazamento na estrutura do cavalete – o conserto é de responsabilidade da Companhia Águas de Joinville, pois não é permitido ao usuário realizar conserto. Ligue 115;
  • Eletrodomésticos (máquina de lavar, bebedouros, etc.);
  • Vazamento não localizado em que foi necessário realizar a instalação de tubulação nova;
  • Boia da caixa-d’água/extravasor da caixa-d’água;
  • Vazamento identificado com uso de aparelhos de escuta (Ex.: geofone);
  • Conexões/tubulações expostas/aparentes;
  • Tubulações/conexões enterradas ou embutidas em alvenaria/concreto;
  • Vandalismo sem danificação do equipamento (Ex.: torneira aberta);
  • Vandalismo com equipamento danificado, mediante registro de boletim de ocorrência anterior ao Processo de Vazamento (Ex.: torneira/tubulação quebrada que ficou vazando);
  • Mangueiras de jardim;
  • Outros ocultos e não relacionados.
  • Casa de máquinas para piscina;
  • Torneiras, registros e chuveiros;
  • Outros visíveis e não relacionados.


Onde solicitar

Canal Onde Quando
Internet Não é possível
Presencial Unidades de atendimento Segunda a sexta-feira, 8h às 17h na unidade central, exceto feriados e pontos facultativos.

Nas demais unidades, o horário é o informado para cada unidade de atendimento.

Telefone Não é possível
Outros Não é possível

Quanto custa

  • Sem custo.

Qual o prazo

  • O prazo para solicitar a revisão de fatura por vazamento interno é de até 45 (quarenta e cinco) dias, contados a partir da data de leitura.

Como funciona

  1. Após o conserto do vazamento oculto na rede interna do imóvel, o cliente deverá apresentar os documentos solicitados, descritos no campo “Como solicitar”, junto à unidade de atendimento presencial;
  2. A critério da Companhia, poderá ser gerada uma ordem de serviço para fiscalizar o conserto do vazamento no imóvel;
  3. Poderão ser revisadas no máximo duas faturas sequenciais dentro de um período correspondente a 12 (doze) meses – verificada a data de leitura e de conserto;
  4. A(s) fatura(s) com o consumo anormal ficará(ão) em alteração durante a tramitação do processo;
  5. Após a conclusão do processo, o cliente será informado por meio de contato ativo ou pelo e-mail cadastrado;
  6. A(s) fatura(s) ficará(ão) disponível(is) no sistema para quitação e poderá(ão) ser retirada(s) em uma das unidades de atendimento ou pelo site, clicando aqui.

 

Atos regulamentadores

Resolução Normativa nº 19/2019, artigo 89 – Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento – ARIS.

Compartilhe